Alimentação Desintoxicante V - Os 4 pilares

Alimentação Desintoxicante V - Os 4 pilares

Conceição Trucom *

Quando focamos a sustentação, tudo que tem 4 pés tem maior garantia de firmeza, de estrutura, de chão. E, um dia estava refletindo sobre os aspectos gostosos, além dos sucos, da alimentação desintoxicante, e me veio esta palestra.

Aliás, este é um poder pensante que coloco em tudo que faço: buscar integrar crescimento com prazer e alegria. Ganhamos tempo, energia e muito amparo. 

Primeiro Pilar: Saúde com consciência

A conquista da saúde plena requer de cada um a sua parcela de comprometimento, busca pela informação assertiva que ecoa em nossa alma e coração: autoconhecimento. Costumo dar pouca importância para classificações rígidas dos seres humanos por tipos, para tabelas, para dietas, suplementos ou receitas milagrosas; e tudo o que nos é impingido sem esclarecimentos ou espaço de compreensão. Esta é uma das condições do poder pensante que sempre pergunta: tem sentido? Tem nexo? Tem fontes? Tem sustentação? Então vou experimentar.

Outra pergunta que coloco em todas as ofertas e novidades no universo da alimentação: industrializou? Tem muita propaganda? Então, atenção multiplicada, pois tem grandes chances de você ser a primeira vítima desse capitalismo selvagem.

Cada pessoa é única e apresenta necessidades energéticas e nutricionais diferenciadas, inclusive a cada momento de sua vida. Portanto, quando estou grávida tenho uma necessidade nutricional, quando mudo de emprego outra, quando estou de férias outra, quando tenho 20 anos outra, quando tenho 30 outra; e assim é a dinâmica da vida: a biodinâmica. Ciência criada por Rudolf Steiner para a produção agropecuária, que valoriza a perfeita integração e auto-sustentação, de cada planta ou animal com a estação, o solo, o clima, etc. que os cercam. 

O sábio é que cada Ser humano se informe, estude, esclareça, traga para a consciência não só conhecimentos sobre os alimentos, o que se produz facilmente a sua volta; mas também sobre o seu organismo, seu metabolismo, suas necessidades básicas para oferecer ao seu corpo e alma aquilo que ele realmente necessita e melhor assimila.

O Ser humano nasceu para ser saudável e longevo; jamais doente. Longevidade com significância, sentido, qualidade de vida é o propósito desta experiência evolutiva. O corpo físico é a parte encarnada desta experiência. A Alma deve ser o nosso poder pensante, que torna esta experiência animada e real, jamais doente ou iludida.

A Alimentação Desintoxicante tem como primeiro pilar, sólido e pró-ativo, o compromisso afetivo, o tesão por aprender, pela busca de muita informação clara, objetiva e assertiva (por que praticável com prazer e alegria), para diariamente aflorar mais consciência, motivação e a possibilidade de cura, transformação e superação. Uma roda que gira e não pára: quanto mais desintoxicado, mais pró-ativo, mais motivado, mais vitalizado, mais animado, mais vitorioso.

Num mundo onde os interesses econômicos predominam muitas vezes sobre a ética e a moral, aquele que não estuda, pesquisa e se informa, fatalmente será uma vítima vulnerável ao desperdício, frustrações, doenças, distúrbios e desequilíbrios.

Segundo pilar: Baixo custo – Máximo benefício

A vida é simples, nós é que a complicamos, quando valorizamos prazeres absurdos, grandiosidades e sofisticações. A natureza nos fornece tudo o que precisamos para uma vida equilibrada e saudável. Valorizar o natural é uma atitude afetiva de gratidão e sabedoria: receber o que ela nos oferece. O consumismo nos faz esquecer dos valores e poder da natureza que, com sua simplicidade, está sempre deixando registros de seus reais efeitos positivos na humanidade. Um alimento maduro, na sua época, cai do pé e nos oferece seu Viço, cor, aroma, textura e sabor: nutrição e energias acumuladas da Terra, do Sol e de Deus.

Estamos falando das frutas, folhas, raízes, legumes, sementes, brotos e flores. Tudo isso enche nossos cestos e despensa, sem contudo, esvaziar nossos bolsos como os alimentos industrializados e vazios: os biscoitos, doces, bebidas, refinados, carnes, embutidos, laticínios e todos os enfeites (visuais e aromáticos) que a indústria do capitalismo selvagem faz questão de nos seduzir e vender.

Esquecemos dos alimentos que estão disponíveis à nossa volta e nos iludimos de comprar nossa saúde com importados como a quinua, algas, chás, linhaça dourada e tantas frutas exóticas. O que sei é que todos nós temos o direito à saúde, não importa o poder aquisitivo ou acesso aos textos científicos que valorizam os industrializados, encapsulados e engarrafados. Aliás, saúde não se compra, se conquista com bons hábitos, simples, porém diários.

Diante da esperteza de achar que iludimos nossas células subnutridas e fragilizadas com compensações compradas e artificiais, esvaziamos novamente nossos bolsos quando ficamos doentes, desequilibrados, viciados, intoxicados, desanimados: sem poder pensante, ansiosos, porque sem fé de um futuro melhor.

A Alimentação Desintoxicante incentiva o consumo dos alimentos naturais, nutritivos, que geram e ativam a vida para trazer o máximo benefício à saúde: vitalidade, inteligência plural e equilíbrio emocional. Nutrição verdadeira, que mantém e perpetua a vida. A Alimentação Desintoxicante incentiva gastar menos consumindo os alimentos naturais, crus e vivos, que nos oferece real nutrição e energia: saúde plural.

Terceiro Pilar: Versatilidade

O principal objetivo da Alimentação Desintoxicante é facilitar a limpeza, a purificação, do organismo e do poder pensante (a alma). Também, por escolhas e decisões mais conscientes: minimizar a entrada e produção de mais toxinas.

A prática e manutenção diária da Alimentação Desintoxicante irá proporcionar mudanças físicas e vibracionais, entre elas a precisão das percepções corporais (corporalidade) e as sensações emocionais positivas como lucidez e alegria (afetividade).

Mais vivos, reais e verdadeiros, o brinde diário será a capacidade de escolhas mais assertivas, maior liberdade de ação, mais leveza e novas perspectivas, a desidentificação e dissolução dos medos, a chegada na gratidão e no amor.

E este objetivo começa com o esclarecimento das várias formas que cada indivíduo pode acessar esta desintoxicação e limpeza. Os alívios são seus, só você pode acessar seus lastros, apegos e venenos. Só você deverá encontrar as melhores formas de desapego e libertação.

Na prática da alimentação desintoxicante só existe uma condição ideal: que o banho interno seja diário e pela manhã em jejum. Tudo o mais é deixado por conta das possibilidades e condições de vida e momento de cada pessoa. Comprometer-se e planejar é sábio, mas não se prenda em exigências e perfeccionismos.

Em jejum: uma cumplicidade oportuna de limpeza e purificação, pois justo das 4 às 10 horas da manhã nosso organismo, com seus horários, está 100% mobilizado para a eliminação de seus excretos. Então, nada mais amoroso que praticar este banho interno na hora certa: todos unidos no mesmo propósito! Se você acorda às 6, 8 ou 9 horas esta será sua hora do banho interno diário. Se você acorda depois das 10 horas a desintoxicação ainda será possível, mas terá menor impacto e resposta mais lenta. Paciência: é o seu possível.

Todos podem e devem praticar este banho interno diário, porque não importa a idade, raça, credo, classe social, econômica ou cor: todos, enquanto vivos, precisam ser livres dos lixos tóxicos, dos escudos, das prisões, das ilusões; inevitáveis em organismos intoxicados, envenenados, subnutridos.

Quarto Pilar: Praticidade

A humanidade está cercada de regras e obrigações. O tempo está curto para atender a tantas demandas. Hoje só aceito coisas novas em minha vida se elas forem práticas, simples e objetivas. Caso contrário não me servem. A Alimentação Desintoxicante tem a magia de ser extremamente simples e prática.

Acordou? Levanta, vai lá na cozinha e toma o seu suco desintoxicante. Ou seja, liquidificador e panela furada sempre na bancada. O suco ideal são os verdes e vivos cujas receitas estão apresentadas no Capítulo 12 do meu livro Alimentação Desintoxicante (ver ref. abaixo).

Mas, não tem nada na geladeira? Não deu tempo de ir à feira? Baixou preguiça total? Certo, mas não deixe de tomar o seu sagrado banho interno. Pode ser com um simples copo de água filtrada tomado em oração com esta intenção. Ou, esprema aquele último limão (ou uma laranja, ou os 2 juntos) em meio copo de água e pronto.

Logicamente que somente esta água (não estruturada) não irá dar a nutrição vital e volume fecal, mas você não deixou de tomar seu banho interno diário. O compromisso segue valendo. Na prática, fica a sua verdade e cumplicidade para cada célula do seu corpo e poder pensante. Células, órgãos e sistemas, cada dia mais fortes, nutridos e integrados, vão aumentando a confiança em você, por você, para você.

A Alimentação Desintoxicante é tão simples que você pode seguir praticando mesmo estando em viagem, na rua ou na casa de amigos. Nestes casos use sua criatividade, seja flexível, mas não deixe de tomar seu banho interno. Aliás, se possível, contagie, preparando o banho interno também para quem está junto.

Orgânicos: se você não tem fácil na sua cidade ou bairro, ou mesmo poder aquisitivo para comprá-los, fique atento nas ofertas, nos alimentos da estação e naqueles mais defeituosos, pois certamente serão os mais isentos de agrotóxicos. Importa muito mais a sua determinação do que a perfeição.

Enfim, existem muitos motivos e facilidades para praticar a Alimentação Desintoxicante. Meu convite é: comece ontem a tomar o seu prazeroso e saudável BANHO DIÁRIO INTERNO. Com uma semana de prática já são evidentes os resultados: mais vitalidade e disposição, melhor sono, agilidade mental e memória, intestinos mais ativos, visão mais clara, vontade de colocar as coisas em dia, enfim, mais vontade de viver e enfrentar os desafios do dia-a-dia.  

Texto extraído do livro Alimentação Desintoxicante - editora Alaúde. 

Leia mais em: Alimentação Desintoxicante I - O 'banho interno diário'

Alimentação Desintoxicante II - O 'Deixar Sair'

Alimentação Desintoxicante III - Sintomas de Intoxicação

Alimentação Desintoxicante IV - Os 5 sistemas excretores

A vitalidade e alquimia dos alimentos - Parte 1

Água – o elo da vida e da Paz Mundial

Pergunta da Samira Menezes, repórter da Revista Vegetarianos, durante sua pesquisa sobre Alimentação Desintoxicante: desejo tirar uma dúvida prática. No quarto pilar, você fala na praticidade. Então, de manhã  a pessoa não deve ingerir nada além do suco? Se for comer, o que e quanto deve comer? 

Resposta Conceição Trucom: Sim, a desintoxicação via sucos é bem prática. Mas, após a toma em jejum e passados os 20-30 minutos - tempo para ocorrer uma boa faxina - precisa sim fazer uma refeição matinal. Confira algumas dicas em Receitas Refeição Matinal (página do assinante, precisa estar logado).

Essa parte de quanto comer é bem relativa pq quanto mais intoxicada, mais na miséria a pessoa está, e portanto vai atacar na gula e compulsão, pq ela acredita na falta.

Até aí, sem julgamentos, fica a constatação, para que a própria pessoa se observe e aumente o investimento em frutas frescas e receitas vegetarianas mais pautadas nas sementes e crus...

Por outro lado, quanto mais desintoxicada, mais na fé e lucidez estará a pessoa, e portanto sua capacidade de assimilar os alimentos será maior, daí menor fome afetiva, maior fome orgânica.

Lembrar que a fome orgânica funciona pelas necessidades reais do organismo, ou seja, pela qualidade e não pela quantidade.


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 

 

 

 


* Conceição Trucom
 é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 15 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine