Aprenda o auto-exame da mastigação correta

Aprenda o auto-exame da mastigação correta

Conceição Trucom*

Mastigar é um ato mecânico, automático, que não recebe a menor atenção no dia a dia. Acontece que a maneira de mastigar e o número de repetições é muito importante para que o restante do processo de digestão do alimento seja concluído com sucesso, além de interferir diretamente na saúde bucal. 

A cirurgiã-dentista, Rosileine Uliana, explica que quanto menor for o número de mastigações, mais preguiçoso o intestino será, sem força para trabalhar e produzir a quantidade necessária de estímulos gástricos essenciais para a digestão.

“A principal função da mastigação é diminuir o volume do alimento, em partículas cada vez menores, preparando-as para a deglutição”, diz. 

Mastigar errado sobrecarrega a articulação e pode até causar dor de cabeça. Para ver se há algum problema, basta fazer o autoexame. É só ficar na frente de um espelho e observe atentamente dois pontos: se um ombro é mais alto do que o outro e se, ao sorrir, o meio dos dentes de cima não está alinhado com o meio da arcada de baixo. Caso haja alteração, é hora de procurar um especialista. 

O recomendado é que os alimentos sejam mastigados por no mínimo 30 vezes, dependendo se são sólidos, pastosos ou líquidos. O nome é complicado - mastigação bilateral alternada multidirecional -, mas quer dizer que o alimento deve ser distribuído homogeneamente nos dentes do lado direito e do lado esquerdo. “Assim, é possível garantir a estabilidade do sistema articular e periodontal - tecidos que sustentam os dentes, osso, ligamento e gengiva”, afirma Rosileine.

Um estudo que fez a análise da distribuição do alimento na cavidade oral em pessoas saudáveis com dentição natural e completa mostrou que 10% apresentam mastigação bilateral simultânea (realizada dos dois lados ao mesmo tempo), 75% a mastigação bilateral alternada (ora de um lado, ora do outro) e 15% possuem o padrão mastigatório exclusivamente unilateral direito ou esquerdo.

Nutricionistas recomendam soltar os talheres
para prestar atenção no ato de mastigar.

Isso faz com que a sensação de saciedade seja sentida antes da pessoa comer mais do que é necessário. Também é importante prestar atenção em dicas básicas, como:

- Colocar pequenas quantidades de alimento por garfada,

- Comer devagar e,

- Manter a boca fechada.

Segundo a cirurgiã-dentista Lucina Saraiva, o desenvolvimento da mastigação começa desde o primeiro dia de vida, com a amamentação. “A força que o bebe faz para sugar o leite estimula a musculatura facial e é muito importante para o desenvolvimento ósseo”, diz. Bebês que não mamam podem se tornar adultos que só respiram pela boca e, com isso, mastigam apenas de um lado para conseguir respirar durante a refeição. 

Estar sentado é super importante

Já durante o amamentar a indicação é manter o bebê sentado e os bons motivos você pode saber mais lendo Amamentação - Posição correta. Mas a vida corrida nos leva a comer em pé, andando, assistindo TV, falando no fone ou trabalhando no computador. TÁ MUITO ERRADO...

Segundo a Medicina Tradicional Chinesa o sistema hepático, que joga um papel super-hiper importante na digestão humana, rege a força e saúde de nossos músculos e tendões. Então, quando estamos em pé ou caminhando, este sistema fica dividido entre a função digestiva e a função motora... Como ficar em pé ou em movimento é prioridade da sobrevivência, a digestão vai ficar em segundo plano...

A Ginástica da Mastigação

A boa mastigação é rejuvenescedora porque mantém a tonicidade de toda a musculatura facial. Também pode ser um excelente recurso para emagrecer e manter nosso peso ideal. 

Você sabia que a mastigação inadequada pode provocar ganho de peso corporal? 

A fonoaudióloga Adriana Bueno de Figueiredo entrevistou 200 pessoas e separou 80 sem problemas odontológicos para analisar a mastigação de cada uma delas. Dessas 80, ela dividiu em dois grupos: 40 obesos e 40 com peso ideal. A pesquisa revelou que entre os obesos ocorreu um maior número de alterações funcionais. Eles mastigaram mais de um lado só, não fizeram a movimentação correta da mandíbula e tinham uma tonicidade menor dos lábios, das bochechas e da língua (acúmulo de gordura).

Um estudo que fez a análise da distribuição do alimento na cavidade oral em pessoas saudáveis com dentição natural e completa mostrou que 10% apresentam mastigação bilateral simultânea (realizada dos dois lados ao mesmo tempo), 75% a mastigação bilateral alternada (ora de um lado, ora do outro) e 15% possuem o padrão mastigatório exclusivamente unilateral direito ou esquerdo.

Saiba quais são as fases da mastigação

Foto: Bem Estar 

Foto: Portal do Professor

 

Para refletir:

• Na pressa normalmente mastigamos o alimento apenas o suficiente para que possamos engoli-lo. Qual a conseqüência disso?
• Todos os alimentos devem ser mastigados o mesmo número de vezes?
• Além da redução do tamanho do alimento, a mastigação provoca a liberação de saliva. Comparando o amendoim mastigado duas vezes com o mastigado 30 vezes, o que pode ser observado em relação à saliva?
• Qual o papel da saliva no processo da mastigação e da digestão?

Leia mais: Amamentação - Posição correta 

Fontes: Saúde Terra - Bem Estar - Portal do Professor


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine