Níveis elevados de exercício estão ligados a nove anos de rejuvenescimento

A equipe técnica do Doce Limão está lendo um livro muito impressionante sobre a receita revolucionária para manter a juventude e viver mais e melhor. O segredo está nos telômeros escrito por Elissa Epel e Elizabeth Blackburn (editora Planeta), apesar de ciência de ponta, escrito em linguagem para todos, conta as descobertas que lhes valeu um prêmio Nobel em 2009. 

Elas relatam, ao longo de 440 páginas que são 4 os pilares para esta conquista: alimentação o mais consciente possível, atividade física, meditação e ócio criativo (lazer meditativo, terapia do riso, bom humor, resiliência). O texto científico abaixo fala um pouco de um destes 4 pilares. 

Brigham Young University (localizada Utah (EUA) * em 10.05.2017

Tradução especial para Doce Limão: Fernando Trucco ** 

Nova pesquisa mostra uma grande vantagem para aqueles que são altamente ativos: menor envelhecimento a nível celular.

Apesar dos seus melhores esforços, nenhum cientista chegou perto de impedir o envelhecimento dos seres humanos. Mesmo os cremes “anti-envelhecimento” não podem parar o tempo, velho pai. 

Mas, novas pesquisas da Universidade Brigham Young (USA) revelam que você pode diminuir um tipo de envelhecimento - o tipo que acontece dentro de suas células. Enquanto você estiver disposto a suar. 

"Só porque você tem 40 anos, não significa que você tem 40 anos biologicamente", disse Tucker. "Todos conhecemos pessoas que parecem mais jovens do que a idade real”. 

“Quanto mais fisicamente ativos somos,
menos envelhecimento 
biológico ocorre em nossos corpos".
 

O estudo, publicado na revista médica Preventive Medicine, descobriu que as pessoas que têm níveis consistentes de atividade física têm telômeros significativamente maiores do que aqueles que têm estilos de vida sedentários, inclusive  aqueles que são moderadamente ativos. 

Os Telômeros são as extremidades proteicas de nossos cromossomos. Eles são como o nosso relógio biológico e estão extremamente correlacionados com a idade; cada vez que uma célula se replica, perdemos uma minúscula parte dos terminais. Portanto, quanto mais velhos ficamos, mais curtos são os nossos telômeros. 

O professor de Ciências do Exercício, Larry Tucker, descobriu que adultos com altos níveis de atividade física têm telômeros com envelhecimento biológico nove anos mais jovens sobre aqueles que são sedentários, e aqueles com atividade física moderada, têm telômeros com envelhecimento biológico sete anos mais jovens em comparação com indivíduos sedentários. 

Para serem altamente ativas, as mulheres têm que fazer de 30 minutos de jogging/dia,
40 minutos para homens, cinco dias por semana.
 

"Se você quer ver uma diferença real na redução do seu envelhecimento biológico, parece que um pouco de exercício não vai fazer mal", disse Tucker. "É necessário trabalhar regularmente em níveis elevados". 

Tucker analisou dados de 5.823 adultos que participaram da Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição do CDC, um dos poucos índices que inclui valores de comprimento de telômero para sujeitos em estudo. 

O índice também inclui dados para 62 atividades que os participantes poderiam ter desenvolvido em um período de 30 dias, e que Tucker analisou para calcular os níveis de atividade física. 

Seu estudo descobriu que os telômeros mais curtos vieram de pessoas sedentárias - eles tinham 140 pares de bases de DNA menos no final de seus telômeros do que pessoas altamente ativas. Surpreendentemente, ele também descobriu que não houve diferença significativa no comprimento dos telômeros entre aqueles com atividade física baixa ou moderada, comparada com as pessoas sedentárias. 

Embora o mecanismo exato de como o exercício preserva os telômeros é desconhecido, Tucker disse que pode estar ligado à inflamação e ao estresse oxidativo. 

Estudos anteriores mostraram que o comprimento dos telômeros está intimamente relacionado com esses dois fatores e é sabido que o exercício pode suprimir a inflamação e o estresse oxidativo ao longo do tempo. 

"Sabemos que a atividade física regular ajuda a reduzir a mortalidade e a prolongar a vida, e agora sabemos que parte dessa vantagem pode ser devido à preservação dos telômeros", disse Tucker.

 

Leia também: Sitocol ® - Risus Atívus

Osteoporose é prevenível e curável

Fonte (*): Brigham Young University. "High levels of exercise linked to nine years of less aging at the cellular level: New research shows a major advantage for those who are highly active." ScienceDaily, 10 May 2017

(**) Fernando Trucco, Professional Translations. Reprodução permitida, desde que citada a fonte e o tradutor.


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine