Um abacate por dia pode ajudar a manter baixo o colesterol ruim

Canapé de Abacate

Pesquisadores da área da saúde e nutrição informam que indivíduos submetidos a uma dieta de gordura moderada e consumindo um abacate todos os dias, mostraram menor nível de colesterol ruim do que aqueles com uma dieta semelhante, sem o consumo de abacate ou do que aqueles com uma dieta de baixo teor de gordura.

O curioso é que o abacate, apesar de rico em gorduras, por ser de origem vegetal, é isento de colesterol. Vamos saber mais e desvendar este mistério?

Lembrando que esta fruta superalimento é matéria prima
especial dos Leites e Laticínios Veganos:
Cadê o leite que estava aqui?

American Heart Association * 
Em 7 de janeiro de 2015
Tradução especial para Doce Limão: Fernando Trucco** 

O consumo de um abacate por dia junto a uma dieta de gordura moderada, pode ajudar a melhorar os níveis de colesterol ruim em pessoas com excesso de peso ou obesos, de acordo com uma nova pesquisa publicada no Journal of the American Heart Association. 

Os pesquisadores avaliaram o efeito dos abacates sobre os fatores de risco cardiovascular tradicionais e novos, substituindo os ácidos graxos saturados de uma dieta média americana pelos ácidos graxos insaturados dos abacates. 

Um total de 45 pacientes saudáveis, com sobrepeso ou obesos, com idades entre 21 e 70 anos, foram colocados em três dietas de redução de colesterol diferentes. 

Os participantes consumiram uma dieta média americana (que consiste de 34% de calorias de gordura, 51% de carboidratos e 16% de proteína) durante duas semanas antes de iniciar uma das seguintes dietas de redução de colesterol: 

  • Dieta de baixo teor de gordura sem abacate,
  • Dieta de gordura moderada sem abacate e
  • Dieta de gordura moderada com um abacate por o dia. 

As duas dietas de gordura moderada forneceram 34% de calorias como gordura (17% de calorias de ácidos graxos monoinsaturados), enquanto a dieta com menos gordura forneceu 24% de calorias como gordura (11% de calorias de ácidos graxos monoinsaturados). 

Cada participante consumiu cada uma das três dietas de teste durante cinco semanas. Os participantes foram aleatoriamente sequenciados através de cada uma das três dietas. 

Salada de Abacate

Resultados obtidos 

Em comparação com a dieta média americana de base, a lipoproteína de baixa densidade (LDL) - o chamado "colesterol ruim" - caiu depois de consumir a dieta de gordura moderada que incluía um abacate/dia. A redução foi de 13,5 mg/dL.

O LDL na dieta de gordura moderada sem o abacate (redução de 8,3 mg/dL) e na dieta com menos gordura (redução de 7,4 mg/dL). Estes valores representam uma diminuição, embora os resultados não tenham sido tão marcantes quanto a dieta com abacate. 

Várias medições de sangue adicionais realizadas foram também mais favoráveis ​​após a dieta com abacate versus as outras duas dietas de redução de colesterol: estas medições foram colesterol total, triglicérides, LDL de pequena densidade, colesterol não-HDL e outros. 

Estas medidas são todas consideradas como fatores de risco cardiovasculares de formas que são independentes dos efeitos de ácidos graxos saudáveis ​​para o coração, disse Penny M. Kris-Etherton, Ph.D., RD, autor de estudo sênior e presidente do Comité de Nutrição do American Heart Association, Professor de Nutrição da Universidade Estadual da Pensilvânia, em University Park, Pensilvânia, EUA. 

"Este foi um estudo de alimentação controlada, mas que é o mundo real - por isso é uma investigação de prova de conceito

Precisamos nos concentrar em fomentar nas pessoas o consumo de uma dieta saudável para o coração que inclua abacates e outras fontes de alimentos e nutrientes ricos em gorduras saudáveis ", disse Kris-Etherton

"Nos Estados Unidos, os abacates ainda não são um alimento comum, e podem ser caros, especialmente em certas épocas do ano. Além disso, a maioria das pessoas realmente não sabem como incorporá-los em sua dieta, exceto para fazer guacamole. Mas o guacamole é geralmente consumido com salgadinhos fritos de milho, que são ricos em calorias e sódio. Os abacates, no entanto, também podem ser consumidos com saladas, legumes, sanduíches, proteína magra e outros alimentos (como frango ou peixe) ou mesmo inteiro. 

Para o estudo, os pesquisadores usaram abacate Hass (avocado), aqueles com pele verde esburacada. Além de ácidos graxos monoinsaturados os abacates forneceram também outros componentes bioativos que podem ter contribuído aos resultados, tais como a fibra, fitosteróis, e outros compostos. 

Segundo os pesquisadores, muitas dietas saudáveis ​​recomendam a substituição de ácidos graxos saturados por ácidos graxos monoinsaturados ou ácidos graxos poliinsaturados para reduzir o risco de doenças cardíacas. Isso ocorre porque as gorduras saturadas podem aumentar os níveis de colesterol ruim e aumentar o risco de doença cardiovascular. 

A dieta mediterrânea inclui frutas, legumes, grãos integrais, peixes gordurosos e alimentos ricos em ácidos graxos monoinsaturados - como azeite extra-virgem e nozes. 

Assim como com os abacates, algumas pesquisas indicam que estes alimentos não somente contêm gorduras melhores, mas também certos micronutrientes e componentes bioativos que podem desempenhar um papel importante na redução do risco de doença cardíaca. 

(*) American Heart Association. "An avocado a day may help keep bad cholesterol at bay." ScienceDaily, 7 January 2015 

American Heart Association é uma organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que promove cuidados cardíacos, adequados em um esforço para reduzir a incapacidade e mortes causadas por doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral. Tem sede na cidade de Dallas, Texas EUA. 

Tradução (**) : Fernando Trucco é bacharel em química e tradutor oficial do Doce Limão. Saiba mais em Professional Translations. Reprodução permitida, desde que citada a fonte e o tradutor.


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine