Quem faz uma vez e não faz bem...

Quem faz uma vez e não faz bem...

Conceição Trucom *

Minha avó vivia repetindo:

"Quem faz uma vez e não faz bem, três vezes vai e três vezes vem".

Sabe o que isso significa?

Que faltou a meditação, a localização, pois quem está fazendo algo em estado meditativo ganha em satisfação e tempo divino. Faz uma vez só e com muita presença, muita qualidade. Quem sabe onde está e se permite sentir, degustar este ESTAR, pode decidir:

- Quero estar e sinto prazer neste fazer bem, ou
- NÃO quero estar e, tomar todas as providências (decisões/escolhas) para se localizar onde deseja realmente INTEIRO ESTAR.

O que acontece é que enquanto intoxicados e inconscientes (não localizados) do valor que é vivenciar a qualidade do "INTEIRO ESTAR EM SI", não conseguimos detectar a REALIDADE interna e externa.

Diante de desejos vazios, imediatices deslocadas, de ilusões e coisas pequenas ou aborrecimentos mínimos, somos capazes de passar um dia inteiro de mau humor, em ansiedade e sofrimento. Confirmando a nossa distância da realidade, da paz e da felicidade. A distância de nós mesmos.

Como chegar neste estado de "estar presente", de "viver o agora" e fazer BEM uma coisa de cada vez, uma só vez? Meditando! Trazendo você para o seu lugar, para a realidade. Reconhecendo, sentindo, percebendo a loucura dos nossos pensamentos e começando a dar uma direção assertiva para eles. Todos eles passarem por um filtro: isto é meu? eu desejo mesmo estar aqui, fazer isso, comprar aquilo...?

Desacelerar a mente é fundamental para percebermos os nossos repetitivos enganos ilusões, deslocalizações. Os padrões da sombra, do que está inconsciente e que comanda, acaba tendo prioridade sobre os desejos da nossa essência, da nossa luz. Resultado: fazer de novo? Frustração pelo tempo perdido?

Não estou falando de "não-ação", mas de colocar atenção na qualidade de cada ação. Da presença verdadeira em cada ação. Da meditação. Da ação presente, que passou pela atenção de uma mente desperta.

Um exemplo: Fui convidada para fazer parte em um programa de TV. Já havia ido neste programa e não tinha gostado da forma como "deram pouco espaço" para falar de um assunto tão de utilidade pública. Quando me convidaram pela segunda vez comentei do fato passado e me garantiram que não ia se repetir. Mas algo dentro de mim dizia NÃO. Não escutei meu coração e fui. Precisa escrever? Tempo, dinheiro e energia perdidos. A culpa? Minha, pois faltou a minha decisão interna de que naquele programa, naquele local, não havia identidade ou respeito ao ser humano. Pois eles passarm toda a semana fazendo chamadas e na hora do programa nada do que foi prometido me deram espaço para acontecer.

O tempo está acelerado, tudo nos convida para o externo, para o imediatismo. Então, estes são mais do que motivos para não perdermos tempo com ilusões, expectativas e desrespeito ao nosso coração, às nossas metas?

O compromisso primeiro é: quero fazer algo que me dê alegria, satisfação, significância, paz, realização. Então, o termômetro é: estou fazendo BEM?

- Se não está reflita o POR QUÊ? Porque se insistir você desperdiçará seu tempo, como dizia minha avó, em 3 vezes ir e 3 vezes voltar "n" vezes.

- Se está fazendo meio BEM, aproveite para perceber onde pode melhorar para transbordar a alegria, o bom astral, a gostosura.

- Se está fazendo BEM, tenho certeza que vai inventar um jeito de ensinar e contagiar pessoas, pois vai sobrar muito tempo para isso.

Aliás, muitas pessoas pensam que não podem despertar mais cedo para tomar um suco desintoxicante (seu banho INTERNO DIÁRIO) e meditar por uns 30 ou 60 minutos. Ou que não têm 30 minutos a perder com essas "COISAS" de ensinar e transbordar o BEM.

"Perde-se" 30 minutos aqui e se ganha um dia inteiro de brinde. Aliás, quanto mais vivemos o "FAÇO UMA VEZ BEM" mais tempo e prazer teremos. Até para apreciar o que fizemos BEM.

"Quem faz uma vez e não faz bem, três vezes vai e três vezes vem".

Quem faz bem, está desintoxicado, sutilizado, mais desperto e conquista a qualidade e os benefícios do "INTEIRO ESTAR".

Quem não faz bem, não está LOCALIZADO OU REAL e três vezes irá e três vezes terá que voltar. O seu tempo ficará desperdiçado com consertos, remendos, justificativas, insatisfações, inseguranças, insônias, ansiedades, culpas, medos e o mau humor de ter que ir e voltar três vezes.


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 

 


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine