layout
layout
docelimao
layout
layout
layout
layout
 
 
Share to Facebook Share to Twitter Email a Friend Print 
Cuidados com os RINS

O simples cuidado de ingerir mais vegetais frescos, crus, além de alimentos mais integrais, já impedem notavelmente o desenvolvimento de dificuldades renais. Bons exemplos são as raízes e sementes, ricas em sais minerais. As folhas verdes como as couves e alfaces, as crucíferas como o repolho e o brócolis, as ervas verdes como o chá verde e a salsa. Dentre as frutas as mais indicadas são as de elevado teor de ácido cítrico como os limões e o tamarindo.

Pela visão da Medicina Tradicional Chinesa, os bons hábitos de alimentação e de vida são a forma mais saborosa e sábia de manter a “conta poupança” da energia vital ou qi dos rins, sempre em alta.

Assim, as formas de fazer saques destrutivos desta "conta poupança" são: baixo consumo de água, raízes, sementes e fibras, consumo em excesso de sal, açúcar, proteínas de origem animal, aditivos químicos e alimentos industrializados.

Alimentos ricos em vitamina K e ácido cítrico evitam a formação de cálculos renais, melhoram a mineralização e manutenção de ossos e dentes fortes e, podem prevenir e tratar a osteopenia. Bons exemplos são: limão, tamarindo, clorofila, portanto as folhas verde escuro, alface escura, repolho, couve-flor, brócolis, espinafre, aspargo, chá verde e de ervas diuréticas (capim-limão, cabelo de milho, quebra-pedra, boldo, carqueja, erva-doce e salsa). Lembrar que estes alimentos devem ser consumidos crus porque o cozimento destrói sua vitalidade e o congelamento destrói a vitamina K. Assim, os sucos clorofilados (verdes) e desintoxicantes são excelentes para a saúde dos ossos, dentes e rins, mas precisam ser preparados no momento do seu consumo.

Alimentos ricos em ômega-3 são adequados para prevenir hipertensão, diabetes, doenças renais, disfunções cerebrais, inflamações e infecções. Os melhores exemplos são: semente de linhaça que é de todas as oleaginosas a mais rica nesta família de poliinsaturados. Entretanto, sementes germinadas de girassol, gergelim e abóbora podem ser também benéficas. Os peixes de água fria e o óleo de fígado de bacalhau são as outras fontes indicadas.

Cuidados de bom senso

1) No inverno os rins estão mais “yin”. Ou seja, menos ativos, tempo de parada e renovação. É o momento do ano em que eles estão mais vulneráveis e fragilizados. Portanto, todo cuidado é pouco. O certo neste momento é consumir os alimentos típicos do inverno de seu país ou cidade. São as raízes, as sementes que precisam ser integrais e previamente germinadas, as frutas cítricas, as crucíferas e as folhas de cor verde bem escuro;

2) Durante todo o ano praticar uma dieta rica {50% mínimo) em alimentos crus, frescos, integrais, com elevado teor de fibras e substâncias antioxidantes, logicamente isentos de agrotóxicos. Raízes e sementes germinadas são os maiores aliados dos rins;

3) Praticar pela manhã em jejum e ao longo do dia (no intervalo das refeições principais), os sucos clorofilados e desintoxicantes;

4) Fazer uso de chás diuréticos com ervas frescas como folhas de abacateiro, quebra-pedra, cabelo de milho, capim-limão, boldo, carqueja, erva-doce e salsa. Preparo: deixe em infusão por 10 minutos 1 colher (sopa) da(s) erva(s)/litro de água fervente. No inverno estes chás são muito bem vindos, pois são porções pequenas de líquido, mas com o diferencial de ser tônico para os rins.

5) Consumir diariamente um total 8 copos de líquidos entre sucos, chás, água e os alimentos crus que contém naturalmente cerca de 80% de água. Lembrar que no inverno esta necessidade será menor pois o corpo transpira menos e os rins estão em momento "yin" de descanso. Portanto, esta é a época do ano quando mais se deve evitar consumir excesso de sal e valorizar a qualidade dos líquidos que se toma;

6) Durante todo o ano buscar reduzir o consumo de sal, açúcar refinado, doces processados, massas refinadas, proteína e gordura animal;

7) Praticar atividades físicas moderadas e regulares para tonificar coração, pulmões e ossos, pois eles estando bem, menor esforço de compensação irão causar aos rins. Ideal que sejam ao ar livre para receber o estímulo da luz solar sobre a vitamina D e;

8) Massagear sempre que lembrar, com movimentos circulares, toda a região lombar, que vai desde a cintura até o cóccix.

Texto extraído do livro Alimentação Desintoxicante - como ativar o sistema imunológico - Conceição Trucom - Editora Alaúde. Recomenda-se a sua leitura na íntegra, o que possibilitará a prática desta filosofia de vida com consciência e responsabilidade.

Leia Também: Leia também: O que representam os RINS?
Os RINS na visão da Medicina Tradicional Chinesa
Cuidados com os RINS
Limão x RINS

Assista aos vídeos em ppt: Conversando com seus RINS - Motivos para beber mais água

Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para Alimentação Natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autora e a fonte.

 

Pesquise no site

Receba nossos boletins

Inscreva-se na Turma Doce Limão, receba gratuitamente nossos boletins e ainda ganhe a Apostila de Meditação, em formato PDF.



 
   
layout layout
 
Copyright © 2014 Doce Limão - Alimentação natural, desintoxicante, crua e viva, linhaça e muito mais por Conceição Trucom. Todos os direitos reservados.