Besouros produzem sustâncias aromáticas presentes no limão e na da laranja que servem de repelentes

Athula Attygalle - Stevens Institute of Technology *
Em 17 de agosto de 2009
Tradução exclusiva para Doce Limão (**) Fernando Trucco **

O professor Athula Attygalle do Stevens Institute of Technology  e a estudante de pesquisa Xiaogang Wu, publicaram um relatório, que informa pela primeira vez, que alguns besouros da terra produzem o repelente natural limoneno como sua principal arma química defensiva.

A publicação da revista Naturwissenschaften, é o resultado de um projeto de investigação colaborativo do Professor Will Kipling (Universidade da Califórnia, Berkeley), e Professor David R. Maddison (Universidade do Arizona, Tucson).

Um repelente comercial eficiente para cães, gatos, alguns pássaros (por exemplo, estorninhos), e mesmo mamíferos, tais como veados, tem como componente principal o limoneno, produto natural que pertence ao grupo de produtos químicos chamados terpenos.

De fato o limoneno tem sido patenteado como um repelente de insetos: por exemplo, a Patente US 5.565.208 - Insect aerossol repelent – refere-se genericamente a um repelente de insetos.

Particularmente, a invenção aponta uma formulação repelente de insetos que contém, nomeadamente, o d-limoneno, que pode ser utilizado concentrado ou em mistura aquosa para aplicação em seres humanos e animais.

O ingrediente ativo do produto comercial repelente de insetos "Orange Guard" é o (+) - limoneno.

Indica-se também que este produto inseticida de amplo espectro irá causar a morte da maioria dos insetos dentro de 15 minutos.

O ingrediente ativo, o d-limoneno, destrói o revestimento de cera do sistema respiratório do inseto.

Muitas plantas superiores produzem óleos essenciais que consistem principalmente de terpenos para se protegerem dos herbívoros.

"Os terpenos são bem conhecidos em alguns insetos, como formigas, insetos hemípteros (tal como o pulgão, a cigarra ou cigarrinha) vespões e cupins. No entanto, os terpenos não têm sido associados aos besouros da terra", disse Attygalle, professor do Department of Chemistry, Chemical Biology and Biomedical Engineering.

"Descobrimos que o principal constituinte do fluido defensivo da glândula pygidial do besouro da terra Ardistomiss chaumii é o (R) - (+) - limoneno, enquanto o componente da espécie estreitamente relacionada Semiardistomiss puncticollis é o (S) - (-) -. Limoneno. Este foi um resultado surpreendente, já que não é muito comum encontrar os enantiômeros opostos (estrutura molecular especular) do mesmo composto entre os metabólitos secundários de espécies relacionadas”.

Além disso, Attygalle disse que o líquido glandular da espécie acima A. schaumii contém 1,8-cineol, e que a espécie S. puncticollis tem p-pineno, β-felandreno, sabineno, e p-cimeno. Entre 500 espécies de carabidae (família de coleópteros) que foram quimicamente investigados, este é a primeira publicação que aponta a presença de tais misturas complexas de monoterpenos nas suas secreções defensivas.

O Limoneno em besouros da terra é acompanhado por outro produto químico desagradável, a toluquinona. Muitos artrópodes usam também benzoquinona como repelente.

Sabe-se ainda que as benzoquinonas estão geralmente acompanhadas de hidrocarbonetos que se acredita servem como solventes para a absorção de outros compostos.

Aparentemente, os compostos não polares facilitam o transporte de compostos polares ativos através da epicutícula encerada de artrópodes inimigos. É muito provável que o limoneno atue como um intensificador da permeação da benzoquinona".

“Um exemplo semelhante onde participa o limoneno,” disse Attygalle, e o caso da administração transdérmica de ácido acetilsalicílico, uma droga antitrombótica potente administrada através de parches adesivos, que pode ser significativamente melhorada incluindo limoneno na formulação. “Parece que os besouros oferecem a formulação para aumentar a eficácia da sua mistura defensiva”.

Esta pesquisa foi apoiada por Theodore Kheel, um dos mediadores profissionais mais destacados da América e um dos mais influentes defensores públicos de Nova Iorque.

O trabalho de campo para esta pesquisa foi realizada pelo Punta Cana Center for Sustainability and Biodiversity, Punta Cana, the Dominican Republic

(*) Science Daily

(**) Fernando Trucco, Professional Translations. Reprodução permitida, desde que citada a fonte e o tradutor. 


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 

 

 


* Conceição Trucom
 é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

 

Cadê o leite que estava aqui?

Conheça o curso online

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 15 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine