Amamentação – ação mental de amar

Amamentação – ação mental de amar

Albermari Sobreira *

A partir do nascimento, o amamentar passa a ser a próxima etapa do desenvolvimento do Ser Humano, que antes era feto e agora passa a ser afeto. O bebê se desliga do cordão umbilical para se re-ligar ao seio materno.

Somente no seio materno, colocado na posição correta, que possibilita o amadurecimento da sua respiração e deglutição, o bebê terá condições de suprir todas as suas necessidades físicas, emocionais e mentais, estimular todos os seus sentidos e ganhar condições para o pleno desenvolvimento como Ser Humano.

Uma das mais importantes características do Ser Humano é a sua posição bípede. Só ele dentre todas as espécies do planeta tem essa postura e para que essa posição seja alcançada em toda sua plenitude, sua cabeça precisa estar muito bem posicionada sobre o corpo.

Se observarmos como são amamentados os índios, veremos que o bebê sempre está numa postura verticalizada, pois a amamentação é uma atitude instintiva do Ser Humano. Não é o que encontramos em nossa sociedade, pois, em 99% dos casos, as crianças são levadas a mamar deitadas.

Quando o bebê está deitado sua mandíbula é projetada para trás junto com a língua, bloqueando parcialmente a passagem do ar pela oro-faringe, induzindo uma respiração bucal, o que torna o ato de mamar angustiante e sufocante, contribuindo para que ocorram desvios no seu crescimento.

A amamentação na posição vertical é fator determinante da postura humana.

Dentro da barriga da mãe o bebê tem tudo o que necessita. Todas as suas necessidades são saciadas, tudo acontece de forma natural. A natureza é mágica, divina; tudo é adequadamente preparado; o corpo se transforma. Dentro da barriga, o bebê é alimentado em todas as suas necessidades pelo cordão umbilical, através do sangue materno, que é o nutriente necessário para o seu desenvolvimento. E após o nascimento?

“O seio materno é seu útero ao avesso”

A cada mamada o bebê, através de sua  saliva, informa aos receptores nervosos do seio materno, as suas necessidades naquele momento. Os nutrientes recebidos nessa mamada, nem sempre serão para saciar exclusivamente a fome de “leite” mas, muitas vezes uma fome de afeto, de amor, de segurança, etc... conferindo a este ato uma característica toda especial, tornando-o singular e insubstituível.

“O sangue da mãe transformado em Leite – a alquimia do amor”

A amamentação é a base da formação desse novo ser, que se for respeitado e contemplado na sua totalidade se tornará, certamente, um Ser integral, uno, capaz, seguro, determinado e pronto para cumprir plenamente sua jornada nesta vida.

Quando começar a amamentar?

O ideal é que coloquemos o bebê em contato com o seio materno logo após o nascimento, antes mesmo da separação pelo corte do cordão umbilical. Caso isso não seja possível, o bebê deve ser amamentado o mais breve possível. O recém-nascido em suas primeiras 48 horas de vida, detém reservas de alimento, portanto as necessidades supridas pelo amamentar, neste período, são de afeto, de amor, de segurança.

Importante: em suas primeiras mamadas, o bebê recebe de sua mãe anticorpos especiais através do colostro, o primeiro líquido que sai do peito, rico em substâncias especialmente preparadas para proteger o bebê durante toda sua vida.

O tempo que o bebê deve ser amamentado?

O Ser Humano é individual, portanto cada individuo tem seu tempo e suas necessidades. Isso significa que não existe tempo determinado para amamentar, nem horários pré-estabelecidos entre as mamadas.

O amamentar representa um ato de amor pleno, de cumplicidade entre dois seres.

Durante os primeiros dias, mãe e filho estão se conhecendo. É como uma troca de experiências, de sensações. A mãe está ansiosa para dar e o bebê por receber. Só a calma, a paciência e o amor é que trarão, dia após dia, o equilíbrio de todos esses sentimentos.

Aos poucos, somente os dois, numa profunda união e sincronia, saberão, enfim, dizer o tempo de amamentar.

Posição de Amamentar

A posição adequada de amamentação é sentada. A postura da criança em relação à mama é fundamental para o sucesso da amamentação e desenvolvimento do bebê:

  1. A mãe sentada em posição ereta, ativa (dando o peito para o bebê).
  2. O bebê no colo, sentado de cavalinho e olhando a mama de frente.

Nessa posição, a mandíbula da criança estimula corretamente as glândulas mamárias, possibilitando uma correta produção do leite, alem de impedir a entrada de ar durante a mamada, minimizando as cólicas.

Outro fator importante, é que nessa posição, a musculatura responsável pela posição correta da cabeça do bebê sobre seu tronco, será trabalhada de forma equilibrada e harmônica, além de:

- favorecer o desenvolvimento de todo o processo digestivo do recém nascido;

- proteger as vias respiratórias do bebê, pois nessa posição é quase impossível haver a penetração de leite nas vias nasais durante a sucção;

- possibilitar uma troca de olhares entre mãe e filho;

- trazer maior saciedade ao bebê, que nessa posição ativa fica mais acordado e menos cansado.

Sugar o peito é fundamental para a produção do leite. Quanto mais o bebê sugar, mais estímulo haverá para a produção do leite. Sem sucção, o leite seca. O nervosismo e o medo dificultam a descida do leite e conseqüentemente, sua produção. Por outro lado, a confiança favorece sua descida e produção.

Toda mulher habilitada para ter filhos tem também aptidão para amamentar, desde que deixe a criança sugar seu peito com freqüência. Não existe leite fraco, a criança recebe o leite adequado para cada mamada. A quantidade de leite está diretamente ligada à sucção do bebê, ao estado de espírito da mãe e a posição adequada de amamentação. A ocitocina, hormônio produzido pela mãe na hora do parto é também conhecido como HORMÔNIO DO AMOR, que em conjunto com a sucção da boca do bebê, é responsável pela excreção do leite.

“A amamentação feita de forma adequada, intensa e consciente, propicia um sólido alicerce para a verdadeira concepção de um Ser Humano pleno, equilibrado e feliz.”
 

* Albermari Sobreira é mãe e consultora de gestantes e amamentação. Autora do livro Divino Leite - a contimuidade do parto - editora All Print.

 

Data prevista do lançamento: 26/06

Com postagens a partir de segunda-feira 28/06

Para adquirir o seu, que irá autografado clique AQUI


Assine o Doce Limão

Você gosta do nosso conteúdo? Seja um embaixador do Doce Limão e contribua para que ele continue sendo produzido! Além disso, você tem acesso a todo conteúdo de assinante: 11 cursos online (incluindo o Cosmética Natural), palestras, vídeos, receitas, e-books, suporte e muito, muito mais.
1
mês
Assinatura mensal
R$ 20,00 /mês
Cobrança automática no cartão
Assinar
6
meses
Assinatura semestral
R$ 120,00
R$ 110,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar
12
meses
Assinatura anual
R$ 240,00
R$ 200,00
À vista no cartão ou boleto
Comprar

 

Loja Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossa loja. Clique e adquira já.


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine