Mente e Cérebro Poderosos - Revista Dia Melhor

Mente e Cérebro Poderosos - Revista Dia Melhor

Por Carla Ferreira - Revista Dia Melhor
São Paulo e ABC

1) Algumas pessoas esquecem com facilidade suas atividades ao longo do dia. Por que isso acontece? Quais exercícios ou alimentos ajudam a reduzir esse tipo de esquecimento?

Vivemos na era da informação e é preciso estar muito focado para poder filtrar, ser assertivo, lúcido para não se dispersar facilmente.

Diante de tantas informações e propostas, há uma tendência das pessoas procrastinarem (adiarem) suas metas e intenções, que se frequente, irá gerar problemas de memória, vitalidade e depressão (pelas metas não realizadas e adiadas ad infinitum).

Dispersou? Adiou repetidamente? Inevitável tais problemas de memória e produtividade.

Sim, alimentos podem ajudar na harmonia metabólica, na capacidade de armazenar conhecimentos e novos aprendizados, na lucidez para ser mais assertivo e cumpridor de prioridades e metas.

2) É possível aumentar o nível de inteligência do nosso cérebro? Como podemos fazer isso?

Sim. Hoje já se sabe que as células cerebrais podem ser regeneradas, multiplicadas e até geradas em função de necessidades como após um AVC ou diante da vontade de aprender novos conhecimentos e habilidades.

São 2 caminhos principais: a) alimentos crus e vivos, ricos em água estruturada (presente somente em alimentos vegetais, crus e frescos) como as frutas, em minerais como as raízes e sementes cruas e germinadas. Consumo diário, várias vezes/dia e frequente.

b) Exercícios cerebrais. São vários e indico o meu livro Mente e Cérebro poderosos (editora Pensamento-Cultrix) para acessá-los na íntegra.

3) No seu livro você ensina testes e exercícios cerebrais que facilitam o aprendizado, melhoram a audição, despertam a criatividade, facilitam a digestão e a respiração. Comente sobre algumas dessas práticas que estão destacadas no livro e que podem ser feitas com facilidade diariamente.

São todos baseados na dinâmica de viver o dia-a-dia sintonizado no que você está fazendo: com presença, com consciência, avaliando a cada segundo as suas verdades, as suas emoções e sentimentos, os seus prazeres e não prazeres. Os exercícios valorizam muito os aprendizados, a capacidade de assimilar pelo prazer e gratidão de cada momento e conteúdo...

4) Jogos ajudam a manter o cérebro ativo? E quais jogos contribuem para melhorar o raciocínio?

O cérebro é como um músculo, precisa ser usado, ser tônico e saudável. Neste sentido, o cérebro AMA aprender, estar sempre diante de situações novas, inéditas, de aprendizado. Seja intelectual, afetivo, psicológico ou espiritual.

Se você deseja envelhecer rápido, basta valorizar as zonas de conforto, a rotina, a estagnação e finalmente a procrastinação e vida sedentária...

Desafie-se diariamente: mude seu caminho, seus alimentos, as formas de prepará-los, os móveis de lugar, a forma de vestir-se, seus perfumes, enfim brinque de viver e estar vivo!!!

5) Por que algumas pessoas têm dificuldades para desenvolver um raciocínio lógico e outras não?

Podem existir outras variáveis, mas em geral por falta de prática!!! As pessoas que adoram raciocinar têm cada vez maior facilidade para criar, enfrentar desafios, se aventurar no novo.

Já, quem tem preguiça de raciocinar, vai ficando cada dia menos criativo, lento e xarope...

6) Ao longo dos anos, a sociedade sofreu mudanças significativas, a facilidade no acesso de informações, a chegada da internet e o acúmulo de tarefas. Todas essas mudanças contribuíram para que as pessoas se tornassem mais estressadas, impacientes e intolerantes. Como é que trabalha o cérebro de uma pessoa que nasceu na década de 50, por exemplo, e outra que nasceu na era da internet e da informação? É possível fazer esse paralelo?

Bem o que foi respondido na pergunta 1. Não adianta ficarmos no passado, os conflitos são solucionados de verdade quando encaramos de frente os fatos, a realidade. É preciso filtrar, se focar, buscar aprofundamento e assertividade: para com seu coração e metas. Tenho exatamente 55 anos e me considero uma pessoa jovem de corpo, mente e alma.

É importante não se deslumbrar com tanta tecnologia, mas usá-la para facilitar, jamais para consumir e se dispersar, que é o caso das pessoas mais jovens, muito doentes, tanto física como emocionalmente...

7) Como lapidar nossa memória para que coisas essenciais não caiam no esquecimento?

Exatamente: não se dispersar. Buscar ser uma pessoa assertiva (verdadeira) para com seu coração. Só se envolver com projetos e pessoas que realmente têm axé no seu coração (o termômetro é a paz e a qualidade do sono).

A prática diária da meditação (escolha a sua técnica, horário e local) é fundamental para 'orar e vigiar' o seu presente, o seu 'aqui e agora', pois se a pessoa vive em estado meditativo, tudo que faz é real, não é memorização.

No mundo da dispersão, tudo é ilusão, doentio, esquecível porque não real ou memorizável...

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações, citada a autoria e a fonte www.docelimao.com.br 


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine