Conceição Trucom, Gilberto Bassetto e o Sal da VIDA

Conceição Trucom & Gilberto Basseto Jr.

Esta página faz parte do nosso NOVO CURSO ONLINE: SAL DA VIDA, também do novo filhote-livro de mesmo título pelo selo Doce Limão.

Pense num encontro mágico, numa conversa bobina que quanto mais falamos mais energia e informações surgem. Gratidão Gilberto...

Depois deste vídeo todos irão repensar sobre o valor do sabor salgado em nossas vidas.


O Dr. João Luiz Curvo assim inicia seu genial livro A dieta do Yin e do Yang (editora Rocco): “Em nossa época, em pleno terceiro milênio, não é mais necessário justificar as óbvias atuações energéticas dos alimentos, identificadas há milênios e tantas vezes não comprovadas cientificamente. No campo das energias, muitas coisas podemos perceber sem que possamos demonstrar. 

Podemos sentir a energia de um olhar hostil, a inveja de uma pessoa que, sem perceber, gostaria de ter o que temos; ou ter uma dor de cabeça estimulada pelo astral de um ambiente. Podemos sentir também o alto astral e a energia positiva oriundos de uma pessoa, de uma música ou de um ambiente. Sentimos que nossas energias podem mudar em função dos ambientes e pessoas que nos cercam, mas provar isto é tão difícil que nossa postura ocidental..., bem, precisa mudar. “

O Princípio Vital

Todo alimento tem um Princípio Vital, que é determinante de sua expressão, força e atuação em nossos corpos. O Princípio Vital se refere à força de vida contida no alimento. Alimentos frescos, plantados e colhidos no tempo certo, em solo fértil, são plenos em seus Princípios Vitais. Estes nos beneficiam mais do que os que foram plantados fora da estação, amadurecidos rapidamente e/ou consumidos depois de um tempo maior de armazenagem. 

Os Odores e os Sabores

Perceber os odores e sabores dos alimentos é ponto de partida para se vivenciar a alimentação energética. Quando desequilibrados, podemos nos fartar sem sentir o aroma e o sabor da comida. Os odores são mais sutis, correspondem a uma expressão celestial dos alimentos. Através dos odores, os alimentos também direcionam energias, estimulando órgãos e determinadas funções do corpo. Os sabores se referem à sua expressão terrena. Para os chineses, sabor é aquilo que guarda um movimento dentro de uma forma. Isso porque o sabor é uma partícula infinitesimal da natureza que entra na construção de todas as formas.

Na origem, a palavra SABOR compartilha
a mesma base da palavra SABER!
E, para saborear bem um alimento é
preciso estar presente, usar os 5 sentidos!

O Sabor Salgado aqui é um HERÓI

Sim, o sabor salgado que nos faz bem está contido em todos os elementos, em todos os nossos fluidos corporais, em todos os nossos mares, lagos e rios internos (vasos, veias, artérias, linfa...), fluxos e contra-fluxos:

Haja CORAÇÃO, Mente & Alma, Sal da Vida!

O sabor salgado, segundo a milenar medicina hindu Ayurvédica, é fundamental para despertar a ação: músculos, tendões e ossos, a serviço de todos os líquidos corporais fluindo - de cima para baixo e de dentro para fora - para acordar o FOGO da Digestão, que é um processo vital.

Afinal, hoje sabe-se que intestinos e cérebro (Sistema
Nervoso Central) estão estreitamente ligados: dois cérebros que,
interdependentes e autônomos, fazem fluir líquidos (elemento
água), minerais (elemento metal), nos impulsionam, constroem,
regeneram (elemento fogo) e nos fazem fortes (elemento
madeira), evoluindo encarnados neste planeta (elemento terra).

Nosso corpo pede por ele, e somos geneticamente programados para desejá-lo a partir dos 9 meses de idade, quando iniciamos a engatinhar, andar e agir socialmente. Antes dos 9 meses ele nos vem - farto - pelo leite da mãe. É um elemento indispensável na percepção do gosto, mas também na percepção do mundo. Curiosamente, é o único mineral (depois da água) que consumimos direto na forma em que é extraído da natureza.

Regido pelos elementos água e fogo, o sabor salgado permite que o desenvolvimento neurológico flua como água, mas se encaixando na proposta do fogo que é a AÇÃO: começa no cérebro, vai fluindo para baixo, fortalecendo ossos, dentes, músculos, tendões e ossos, facilitando toda a mobilidade do corpo humano.

O leite materno já vem com um pouco de sal. Basicamente, para manter a pressão e o equilíbrio hídrico do bebê, que nasce com uns 85 % de água. Mas, a partir dos 9 meses, os pediatras já liberam as papinhas “salgadas”. Na verdade, são à base de legumes e ervas, alimentos ricos em sais minerais. A recomendação dos pediatras é: não use sal ou use sem exagero, um sal de boa qualidade. 

Preste atenção: o mesmo sal que percorreu todos os solos e águas da terra irá agora percorrer todas as células, capilares, veias, vasos e artérias do ser humano. Desde a sua concepção e por toda a sua evolução. Somos 70% água + sais e minerais: somos minerais vivendo uma experiência orgânica, animal, humana.

Mas as energias do elemento fogo tomam força através do sabor salgado, conforme o sistema digestivo vai se desenvolvendo, transformando os nutrientes e as energias dos alimentos, em capacidade de crescimento, desenvolvimento, físico, emocional, psicológico e espiritual.

E reforço: saiba escolher o sal que sua família irá consumir no dia-a-dia: SEMPRE, e não vacile. Principalmente onde habitam crianças, gestantes, pessoas com problemas comportamentais, digestivos e/ou renais, pessoas da terceira idade. 

Mas, falando de evolução humana, o sabor salgado nos leva às atitudes rajásicas, ao yang, à comunicação com o mundo. A partir dos 9 meses, o ser humano começa a ir à luta, em busca de contato com o mundo, dos relacionamentos, da realização de seus desejos. Primeiro dentro do núcleo familiar, depois na escola, na faculdade, no trabalho, na escolha de um parceiro, no casamento, na relação com os filhos. Tudo yang, idealmente amortecido pelo sabor doce, que vai dando estruturas para tudo isso acontecer empaticamente.

Existe também o yang passional (polarizado em raja, age rápido demais, sem pensar ou refletir), que atropela a tudo e a todos, inclusive o coração e a mente. Chamo de passional descarrilhado. E há o yang que é refletido, compartilhado, modulado, gostoso, que busca as ações sátvicas de sabedoria. O interessante é que aos 40 anos, se bem vividos e se realmente conquistamos a maturidade, já não fazemos tanta questão do social, de conquistar cargos e títulos, de nos enturmar e badalar. 

Continuamos precisando do sabor salgado para não perder a ação de conquistar metas e sonhos, mas esse desejo por salgado já é mais diplomático, mais integrador, mais comedido e silencioso. Lembra do poder do sal na juventude e longevidade? O sabor salgado usado com moderação estimula a digestão e aumenta a sudorese, um processo de desintoxicação via peles. Se for consumido em excesso e for oriundo de fontes inadequadas, reduz as secreções reprodutivas, aumenta a pressão arterial, causa embranquecimento dos pelos e aumenta (acelera) a formação de rugas. 

O sal de mesa é tóxico e desidratante, produz ressecamento. Podemos dizer que o excesso de consumo de sal, principalmente após os 40 anos, acelera o envelhecimento. Por último, também direciona as ações rajásicas ou passionais para os aspectos mais negativos: a pessoa não se dá conta das oportunidades evolutivas da vida.

Texto extraído do livro SAL DA VIDA - Conceição Trucom - editora Doce Limão

Para adquirir em PRÉ-VENDA com frete gratuito (até 17/09)
clique na imagem!

Para adquirir os Sais Doce Limão clique AQUI

(*) Gilberto Basseto Jr. é formado em bacharel em química pela Universidade Estadual de Campinas e professor de química e meio ambiente  Centro Paula Souza. Em paralelo ele promove a autonomia da saúde por meio da alimentação vegana, crua e viva, também Ayurvédica. Seu site: Casa de Tulasi Saberes Terapêuticos


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 15 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine