Denúncia: Xarope de AGAVE desmascarado

Denúncia: Xarope de AGAVE desmascarado

Mistura Viva *

Agave, areia nos olhos dos vegetarianos, vegans e TODOS os consumidores

Em Portugal e no Brasil, no mundo... surgiu este adoçante que muitos pensam ser uma alternativa saudável... SERÁ?

De vez em quando a indústria alimenticia, através dos seus lobbyes tenta jogar areia para os olhos dos vegetarianos e vegans... dos viciados em açúcar... 

Nos últimos anos, principalmente nos EUA, foi introduzido um novo tipo de adoçante: o AGAVE.

A comunidade crudivora foi uma das afectadas ao começar a consumir o suposto xarope de agave cru, principalmente os vegans mais extremistas que não querem usar mel. Sabe-se agora que o agave é proveniente da mesma indústria que produz a tequila e alguns autores como David Wolfe referem envolvimentos da própria máfia na venda deste produto.

O público mais informado deixou de consumir açúcar refinado e xarope de milho para passar a consumir agave com a ilusão de que o mesmo seria saudável.

O agave tradicional era feito de yuca ou a planta do agave.

O agave vendido comercialmente é feito do amido da raiz de uma espécie de ananás. Este amido é semelhande ao do milho ou do arroz e um hidrato de carbono complexo chamado inulina que é feito de cadeias de frutose. Tecnicamente a inulina é uma fibra altamente indigesta.

O processo de produção do "nectar" de agave atual é semelhante ao da produção do xarope de milho (o adoçante mais usado pela indústria de bebidas gaseificadas como a Coca-Cola, p. e.), que tem sofrido imensas críticas pelos prejuizos à saude. É um processo enzimático e químico que transforma o amido em frutose altamente concentrada. As enzimas são modificadas geneticamente. São usados ainda ácidos cáusticos, clarificantes e agentes químicos filtrantes. O resultado é um concentrado de frutose refinada e inulina.

Existem dois tipos de coloração do agave: claro e escuro. O agave escuro é resultado de um erro de preparação em que o mesmo é queimado, mas mesmo assim vendido como se fosse proveniente de origem artesanal para justificar a cor.

O agave é rico em saponinas, com ação abortiva pois estimula o fluir do sangue para o útero. São esteróides tóxicos, capazes de destruir as células vermelhas do sangue. As saponinas são usadas como veneno para peixes. A indústria descreve a saponina do agave como benéfica, mas não é verdade já que a concentração e o consumo diário e constante tornam-a inadequada ao consumo humano, principalmente para quem está gestante ou tem problemas de anemia crônica.

Uma das principais companhias distribuidoras do xarope de agave "cru", a Madhava, deixou de poder vender o produto por não poder garantir a qualidade do mesmo.

Embora com um índice glicêmico baixo o xarope de agave pode provocar complicações variadas na saúde humana, como desmineralização do organismo, inflamação do fígado, endurecimento das artérias, pressão arterial alta, doenças cardiovasculares e obesidade.

Outras complicações e efeitos secundários:

Deve ser evitado por grávidas ou gestantes
Síndrome Metabólica
Ácido Úrico
Problemas de resistência insulínica
Problemas sérios de efeitos secundários em diabéticos
Pode produzir ainda diarreia e vômitos

Estes adoçantes foram introduzidos no mercado pura e simplesmente para produzir lucro, aproveitando-se da desinformação do público que preocupado com o açúcar, aspartame e outros adoçantes correntes, procurava uma alternativa saudável.

A FDA teve que intervir junto do maior comerciante de agave nos EUA, a Western Commerce Corporation da Califórnia, por estar adulterando o agave com xarope de milho altamente concentrado, incluindo o agave considerado biológico. A empresa foi fechada.

A informação das etiquetas do agave nem está conforme com as regulações das agências responsáveis pela alimentação, incluindo a FDA.

Em Portugal o agave é denominado "Geleia de Agave" e vendido pela Provida e outras empresas de alimentos "naturais".

Mais em inglês e referencias:
http://ecopypaste.blogspot.com/2010/02/agave-nectar-worse-than-we-t...

Referencias:
http://www.answers.com/topic/saponin
http://www.westonaprice.org/Agave-Ne...e-Thought.html
http://renegadehealth.com/blog/2008/11/25/is-there-corn-syrup-in-ag...
http://renegadehealth.com/blog/2009/08/14/agave-re-revisited-more-o...

Wilkipedia

* Fonte: site Mistura Viva

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações, citada a autoria e a fonte www.docelimao.com.br 


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 

 

 

Cadê o leite que estava aqui?

Conheça o curso online

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 15 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine