Boro: Minerais para o código genético

Dr. Richard Olree * 

Na tabela periódica o Boro tem símbolo B e número 5, e fica ao lado esquerdo do Carbono C número 6. Guardam semelhanças e diferenças, mas esta proximidade é bastante peculiar. O Boro é um mineral essencial que é necessário para o normal crescimento e saúde do corpo, influencia na capacidade natural do organismo vivo de absorver Cálcio e Magnésio. O Boro é necessário, em pico-traços, para a manutenção de ossos saudáveis, e o bom desenvolvimento dos músculos.

O Boro Biológico, proveniente de plantas e do Sal Marinho Natural, auxilia na produção de esteroides naturais e no metabolismo do Cálcio, Fosforo e Magnésio. Pesquisas têm indicado função cerebral mais intensa quando o Boro está adequadamente suprido.
Muitas doenças são resultado de uma deficiência mineral ou de uma toxicidade mineral. É muito fácil ter minerais fora de equilíbrio. Complementar com cálcio, por exemplo, pode causar uma deficiência de magnésio, que por sua vez pode causar doenças cardíacas. Muito flúor pode causar uma deficiência de iodo, o que pode resultar em doenças como hipotiroidismo e câncer de mama. Altos níveis de alumínio podem deslocar o boro e resultar em doença de Alzheimer.

Os minerais desempenham um papel crucial quando se trata do nosso DNA. A expressão genética adequada é impossível se houver muito, ou muito pouco, de qualquer mineral particular. Em outras palavras, você precisa ter os minerais certos no equilíbrio certo para que seus genes produza células saudáveis.

Alimentos Ricos em Boro: geralmente frutas como maçã, laranja, uva vermelha (uva passa), pera, ameixa, kiwi, tâmaras e abacate, bem como certas sementes como feijões e nozes. Grão de bico, Avelã, Manteiga de Amendoim, Feijão vermelho e Azuki, Tomate, Lentilhas, Azeitona, Cebola e Batata também são fontes notáveis de boro. Há tantas fontes que não há nenhuma razão para sofrer de uma deficiência, certo? 
Pitaco Conceição Trucom: Penso que esta riqueza em boro depende da forma de cultivo do alimento, sendo as orgânica, biodinâmica, de quintal ou modelo agrofloresta as mais adequadas.
No meu livro "Minerais para o Código Genético" o Boro é ressaltado como um dos 4 minerais magníficos. Os outros três são o Iodo, Selênio e Magnésio, que portanto deveriam estar bem supridos nos organismos de todas as pessoas. 
 
Também pode-se dizer que a maioria dos médicos não lembra - se é que já souberam - que o Boro tem um papel importante na equação do metabolismo do açúcar, da utilização de energia.
 
A tese médica oficial é que, em geral  as pessoas não são deficientes em Boro pois consomem alimentos que o contém. Mas tal crença é ilusória, e os idosos são os mais prejudicados, além de toda a população, quando a suplementação é limitada. Isto porque para os idosos a função metabólica é mais lenta. 
 
Há um fato corrente, idosos em casas de repouso também estão carentes em Vitamina D pela pouca exposição ao sol.E a deficiência em Vitamina D fica aumentada quando existe carência de Boro. Isto é uma realidade, reconheçam-na ou não...
O Boro é facilmente deslocado pelo alumínio (que em excesso é tóxico) sendo que perdemos três moléculas de Boro para cada átomo de alumínio no organismo. Importante saber que na ausência do boro, a absorção de alumínio no organismo e cérebro têm seu papel na enfermidade de Alzheimer.
Pitaco Conceição Trucom: E, nós brasileiros, ao usarmos panelas de alumínio em nosso dia-a-dia, somos muito contaminados por este mineral.
 
Conjuntamente, a conexão da vitamina D com os ossos assombra e assusta mulheres em pós-menopausa, quando existe uma predisposição à osteoporose. Pesquisa pelo Departamento de Agricultura dos EUA (United States Department of Agriculture - USDA) revelou que 3 miligramas de boro suplementado diariamente, reduziu a perda de Cálcio  drasticamente  em 40%, em somente  uma semana.
 
O boro, ao lado do Iodo e do Selênio, se destaca na capacidade em
absorver radioatividade, quando a libera sem modificar os nêutrons. 
 
Pitaco Conceição Trucom: Em nosso Fito-Sal, além da presença do boro, usamos sementes como a de coentro e de mostarda, que guardam potencial de quelar metais pesados, entre eles o alumínio e o chumbo.
(*) Dr. Richard Olree é um brilhante especialista em minerais e genética, bem como um quiroprático procurado. Ele estudou as interações de minerais por mais de 30 anos e fez algumas descobertas incríveis. Ele descobriu que nosso genoma exige 64 minerais. Se um mineral traço não estiver disponível para produzir o aminoácido requerido pelo código de DNA, o sistema humano tentará de outro modo, usando um conjunto diferente de aminoácidos e minerais. Isso pode ter profundos impactos na saúde.


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 15 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine