Diabetes e Cândida x Açúcar e Gorduras

Diabetes e Cândida x Açúcar e Gorduras

Conceição Trucom *

Aproveitando o tema do Boletim Doce Limão de setembro 2014, quando estamos colocando em pauta "Os Óleos Isolados", além das dietas que abusam no excesso de gordura, como lembrou bem a Malu Paes Leme, vamos aproveitar a deixa e expandir para desdobramentos importantes destes maus hábitos alimentares.

Parados no tempo, no pântano lamacento dos grandes enganos, a maioria das pessoas pensam que diabetes e cândidíase é algo provocado pelo excesso do consumo de açúcar e massas. Tudo bem, concordo, esta é a ponta do iceberg, os 10% da história. Mas onde está a raiz do problema? Os outros 90%?

Quer mais informação? Assista esse vídeo onde o dr. Douglas Graham, criador e praticante fazem 30 anos da Dieta 90/10/10, e atente para o que ele tem a dizer sobre as verdadeiras causas da diabetes tipo 2 (resistência à insulina) e à candidíase, que é um desequilíbrio na população da nossa microbiota...
 

O curioso é que durante a minha pesquisa RÁPIDA sobre os reais benefícios do óleo de coco, lá no santo google, encontrei justo um estudo onde os participantes NÃO PERDERAM PESO, mas ganharam uma BELA RESISTÊNCIA À INSULINA. Ou seja, é só querer saber, abrir os olhos (lembrar que a visão é regida pelo sistema hepático), que a informação REAL aparece. Lembrar também que para saber filtar o que é bom para nós (e nossa saúde integral), é preciso DIGERIR... E o máximo que um organismo cheio de gorduras, ranços e sebos consegue fazer é rotear, patinar, procastinar... Justo o OPOSTO da Espiritualidade, da VITALIDADE.

Copio abaixo Super Dicas da Malu Paes Leme em seu blog Alimentação Inteligente

Informe-se e mude para melhor

Então, não se engane, procure mais informações, saiba que o açúcar ideal é o açúcar das frutas inteiras/integrais e maduras. E que a diminuição do consumo de gordura na dieta é fundamental para um reequilíbrio na saúde.

E mais do que isso, além da diminuição do consumo de gordura, o mais importante é dar ênfase nas gorduras integrais/inteiras como nos alimentos como: castanhas, sementes, abacate, coco. E em suas formas como manteigas integrais como as da maravilhosa marca brasileira Bioporã (www.biopora.com) que tem toda a sua linha de manteigas veganas integrais moídas em moinhos de pedra de forma artesanal.

Mais DICAS da Malu

- Na minha dieta e no meu dia a dia na cozinha, dou sempre preferência para os molhos feitos com essas manteigas diluídas com suco de limão e água ou um pouco de sal ou shoyu. Como por exemplo: tahine cru com limão e pitada de sal. Simples assim. Alimento integral até no molho :)
E se eu não usar as manteigas, utilizo abacate, ou as castanhas inteiras ou sementes inteiras raladas ou liquidificadas com ervas.

- Para refogar os alimentos, também não utilizo óleo. Dou preferência para panelas antiaderentes como de cerâmica (ou de pedra... e se for usar as de teflon, utilize com muita cautela somente com colheres de pau, e nunca com metais), e refogo com um pouco de água se necessário. Super simples e sem óleo ;)

- Se for assar algo, utilizo papel tipo manteiga na forma para não precisar utilizar óleo, ou de vez em quando utilizo um pinguinho de óleo de coco para untar se eu não tiver na mão o papel tipo manteiga.

- Substituição do óleo como: azeite, canola, soja, girassol, milho em receitas como bolos, empadinhas etc, utilizo o leite de coco fresco e artesanal ou uma quantidade pequena de óleo de palma orgânico para dar liga. Essas são substituições um pouco mais "saudáveis" para preparar esses tipos de pratos, porém claro que para serem consumidos de vez em quando, com moderação.

- Para aproveitar melhor todos os nutrientes de sementes e castanhas, dê sempre preferência para essas oleaginosas CRUAS, e deixe-as de molho e/ou germine para acordá-las e para serem retirados seus fitatos que podem vir a ser fatores antinutricionais. Além do que, você as torna mais digestas, hidratando-as.

- Comendo fora:
-> Evite os molhos que vem nas saladas de restaurantes. Peça para vir sem molho, e se puder peça fatias de limão e orégano seco para temperar e se eles tiverem só as castanhas ou sementes inteiras ou um abacate bem madurinho, peça também.
-> Evite os pratos que contenham muito óleo, e/ou peça para diminuir a quantidade (a gente sempre tem que falar com os garçons nossas preferências, e se der para modificar um prato ou outro, maravilha!).
-> Se comeu uma refeição fora de casa com muito óleo, passe o dia comendo bastante verdura (folhas verdes) e não repita pratos cheios de óleo no dia seguinte :) Deixe para certas ocasiões comer esses pratos.

- Opte por alimentar-se mais em casa!!! Desta forma você terá a certeza que não colocará um pingo de óleo no seu prato, e conseguirá mais saúde a curto e a longo prazo! 

Essas são algumas dicas básicas para você implementar no seu dia a dia, e diminuir o consumo de óleos refinados e isolados na sua dieta. Pode ter certeza que quanto mais diminuir, mais você sentirá como é pesado comer uma refeição besuntada de óleo (por mais "extra virgem" que seja). A leveza dos alimentos integrais é totalmente benéfica para o nosso sistema digestório, pois além de tudo nos ajuda a ter mais equilíbrio e saciedade pelas fibras que possuem.

Diga mais não aos alimentos refinados e super concentrados! 

Foque nas frutas maduras e vegetais frescos! 


REFERÊNCIAS (dentro desses artigos, tem mais referências que eles compartilham):

Site dr. Fuhrman: Is Olive Oil Heart Healthy? 

Site PRITIKIN - Longevity Center + SPA: What’s Wrong With Olive Oil?

Boletim Doce Limão - setembro 2014 - Óleos Isolados


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 

 

 


* Conceição Trucom
 é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Cadê o leite que estava aqui?

Conheça o curso online

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 15 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine