Métodos de Esterilização das Águas

Métodos de Esterilização das Águas

Conceição Trucom *

Trata-se de um extrato do meu livro E se não houver alimento? - IRDIN - onde no capítulo sobre ÁGUAS apresento alguns métodos de esterilização das águas. Obviamente, neste livro a condição dos ensinamentos é de sobrevivência drástica, onde o panorama é de catástrofe ou momento de emergência, tipo sem casa, sem teto, sem abastecimentos...

Então, faço aqui adequações à uma situação de crise hídrica como a que estamos vivendo neste momento no sudeste, embora em muitas partes do nordeste brasileiro esta crise acontece há décadas. Ou seja, estamos em nossas casas, mesmo sob racionamento de água e energia, temos teto, estruturas básicas: gratidão por assim ser! 

Faça a sua parte que te ajudarei... 

Trate das águas em oração, porque elas sentem e interagem conosco. Sim, cada molécula de água se comunica com todas as demais moléculas do planeta. Esteja ela no seu corpo, num mineral, num inseto ou animal, num fungo ou bactéria, no oceano, num rio ou sarjeta. Convido você a assistir o vídeo ‘Água – grande mistério’ (que só pode estar na página do Assinante por não termos permissão para divulgação pública), realizado pelos russos, que estão na vanguarda do 'descortinar' deste Ser Sagrado que chamamos ÁGUA.

Para quem já acessou os livros do cientista japonês Masaru Emoto (escritor, Dr. em Medicina Alternativa, famoso por seu livro Mensagens da Água), sabe da impressionante capacidade da água armazenar informações (positivas ou negativas), que podem ser rapidamente propagadas, já que a água, por sua fluidez nos estados líquido e gasoso, cumpre exatamente esta função no planeta: propagar e integrar tudo!

Pois é, estamos tão doentes...
Tantas pessoas me escrevendo sobre doenças e clamando por curas...
Mas somos 65% água! E nossas águas, que se movimentam por todo
um sistema hídrico interno: águas novas chegam, circulam, dissolvem,
lavam, levam, respiram, tiram, desintoxicam e vão embora...
São as mesmas águas que estão lá fora CLAMANDO: 
Atenção, Respeito, Valorização, Empatia, Cumplicidade, Sustentabilidade!


Tratamento por Filtração

Além dos rústicos que apresento neste livro, desejo você leia este artigo sobre filtros de barro, carvão ativo e solarização:

Filtro de barro brasileiro é o mais eficiente do mundo 

Mas, considero muito importante que TODOS aprendam a fazer, e saber como funciona,
um sistema de filtragem de águas em pequena escala...
Pois é assim numa estação de tratamento de água de uma cidade (imagem topo).

Um recurso para purificar rusticamente a água a ser bebida por uma comunidade em risco é criar um filtro de carvão, areia e cascalho. Para tanto é necessário ter um garrafão ou carcaça de um filtro de barro. Em maior escala uma bombona de 200 litros ou uma caixa d'água.

Fazer um orifício próximo à base do garrafão e adaptar ali uma torneira bem vedada com arruelas de borracha e cola de silicone. A torneira deve ser precedida de uma pequena tela à guisa de peneira, mas simplifica bastante se temos o filtro de barro para tal construção. Aliás, podemos construir um HOJE, que tal? Com as crianças (de todas as idades): de casa, da escola, da comunidade!


Filtro de areia, carvão e cascalho

Do fundo para a superfície, vai-se montando as camadas, cuja espessura varia de acordo com o tamanho e capacidade volumétrica do filtro. Na imagem acima temos um exemplo de 6 litros.

  1. Utilizar pedras ou cascalhos arredondados, de mármore, de cristais de quartzo ou de rocha. Separá-los por tamanho.
  2. Utilizar carvão vegetal puro comercial ou, na emergência, carvão de fogueira. Geralmente pode ser encontrado nas lojas especializadas em aquários e filtros de piscina.
  3. Utilizar areia grossa e areia fina, previamente lavadas e esterilizadas. Para isso, deixá-las em fervura durante 20 minutos ou solarizada por seis horas).
  4. Proceder a acomodação das camadas dos componentes, iniciando-se com as mais grossas e passando às mais finas, alternando carvão e cascalho. As camadas devem ter em torno de 2 a 5 cm de espessura. Acomodá-las com cuidado, socando-as bem.
  5. Fazer a água penetrar na parte superior do garrafão; enchê-lo, mantendo a torneira de saída fechada.
  6. Deixar o garrafão cheio durante 60 minutos e depois abrir a torneira de saída, mantendo a de entrada também aberta. Permitir que a água escorra livremente por mais uma hora, para acomodar bem as camadas. Não jogue fora esta água da primeira hora de tratamento. Ela poderá ser reciclada.

No começo a água pode ficar com gosto de carvão, mas após alguns dias seu sabor será excelente; não sairá escura, mas cristalina. O material deve ser trocado quando o gosto da água se tornar de novo semelhante ao da água de torneira, o que, no entanto, pode demorar vários meses a acontecer.

Ao passar por esse filtro, a água é bem oxigenada porque se choca com muitos obstáculos, embora não chegue a ficar tão rica em oxigênio livre quanto uma água natural. Não é totalmente purificada, mas perde mais de 80% dos agentes estranhos.

Para vitalizar ainda mais sua água, acrescente ramos de ervas frescas, coloque cristais como quartzo branco, malaquita ou hematita e, ore sempre que possível, ao lado do filtro...

E a SOLARIZE... Idealmente num ambiente de oração e curas!


Tratamento por Fervura

Na dúvida, para esterilizar a água, é necessário fervê-la, o que exige combustível, gás ou lenha. Importante deixá-la esfriar para não causar incômodos intestinais. Vantagem: processo relativamente rápido, mas precisa ser bem feito para matar todas as bactérias e micro-organismos. Desvantagem: só funciona para pequenas quantidades e consome muita energia. Não elimina produtos químicos como metais pesados e substâncias não voláteis à 100 graus Celsius.

Ao nível do mar,fervê-la por 10 minutos é suficiente para destruir inclusive os cistos de parasitas, como da Giardia. Em altitudes, para cada 300 m de desnível do mar, adiciona-se mais 1 minuto de fervura. Alguns defendem maior segurança o seguinte procedimento: depois de fervida deixar a água esfriar por 10-15 minutos, e ferver por mais 5 minutos. De qualquer forma, a água leva mais 2 ou 3 horas para esfriar e poder ser bebida.

Ideal antes de beber: colocar a água (que foi fervida e resfriada) num frasco de vidro limpo com tampa e agitá-la vigorosamente por uns 2 minutos para oxigená-la, tornando-a mais digestiva e palatável.

Tratamento por SOLARIZAÇÃO - Método SODIS

Difundo muito este método Eco-Sustentável de tratamento de águas pela frequência de terapêutica e curativa do sol. Criado por uma equipe multidisciplinar da INICEF que a sigla SODIS (em inglês) significa:
Desinfecção pelo SOL...

Conheça-o na ÍNTEGRA:

Água Solarizada & Cromoterapia

Vídeo ABERTO - ÁguaS'olarizandooo 

 

 

Tratamento Químico

Quando se dispõe de água aparentemente limpa pode-se usar uma, dentre as quatro substâncias caseiras como: limão, café, iodo ou água sanitária, para purificar quimicamente a água. Se a água estiver turva e/ou com sinais de matéria orgânica, deve-se filtrá-la antes. Estes procedimentos, nas doses indicadas na Tabela abaixo, melhoram a qualidade, porém alteram o sabor da água.  No caso de se usar água sanitária há duas opções de dose: A) 2 gotas/litro, para água aparentemente límpida e bem clara; e B) 4 gotas/litro, se a água for levemente turva ou escura. Alerta: aguardar no mínimo 30 minutos antes de consumir a água tratada com cloro.

Quatro sugestões para  purificar água (adaptado de Missiano, 1998)

PRODUTO

DOSAGEM

OBSERVAÇÕES

Hipoclorito de sódio – opção A

(água sanitária)

2 gotas/litro ou ½ colher chá/20 litros

Em água visualmente límpida e bem clara

Em águas com matéria orgânica são gerados agentes cancerígenos.

Aguardar 1 hora antes de beber.

Hipoclorito de sódio – opção B

(água sanitária)

4 gotas/litro ou 1 colher chá/20 litros

Em água escura mas sem matéria orgânica

Idem, mas filtrar a água antes.

Aguardar 1 hora antes filtrar e beber.

 

Iodo ativo

3 a 10 gotas / litro ou

10 ml / 150 litros

Elimina larvas de parasitas.

Aguardar 30 minutos para beber.

 

Limão maduro e fresco

1 fruto inteiro, sumo e casca picada/litro

Uso válido somente em pequena escala.

Aguardar 15 minutos para beber.

 

Sementes de Moringa

1 semente em pó/litro

Pode reter na lama decantada até 90% de bactérias.

Café

1 colher (sopa) de café coado/litro

Conserva águas de cantis por mais tempo.

Os mais drásticos...

O tratamento com hipoclorito, embora muito usado e difundido, pode ser relativamente ineficaz, ao menos em relação aos cistos, a não ser que suas concentrações de tratamento sejam muito altas. É isso que se pratica, dosagens elevadas para aumentar a segurança. Mas, ao longo desta prática o sangue vai tornando-se ácido, o que deprime o sistema imunológico e, o organismo vai ficando cada dia mais vulnerável às doenças por ataque de micro-organismos.

Lembrar que este tratamento não pode ser realizado em panelas de alumínio e cantis porque o cloro ataca estes materiais.

A solução de tintura de iodo, mais eficiente na destruição de cistos de amebas e outros patógenos, encontra-se em farmácias, contendo na sua composição 2% de iodo ativo. As pessoas alérgicas ao iodo e com patologias da tireoide podem ter que abdicar deste tipo de esterilização da água.

Os mais sutis...

Caso se queira evitar o cloro e o iodo, existem processos alternativos para purificar a água, porém sem garantias da mesma eficácia na eliminação de patógenos. Importante lembrar que em caso de águas suspeitas e abastecimento para muitas pessoas estes dois tratamentos são realmente os mais efetivos, em especial para comunidades que ainda carecem de sutilização (práticas de oração, meditação, auto-conhecimento).

O uso do suco fresco de limão com sua casca picada (rica em antioxidantes e bactericidas), em geral, é bem efetivo em águas urbanas que foram previamente tratadas ou filtradas, como também na higienização dos alimentos. Seu poder bactericida está química e sutilmente ligado à sua força solar e poder alcalinizante, via elevado teor de ácido cítrico, criando um ambiente inóspito para os micro-organismos patógenos e insetos oportunistas. Sua presença na água irá aumentar a capacidade de saciar a sede. Este procedimento é mais recomendável para tratamentos em pequena escala e para pessoas de corpos e consciências mais sutilizados.

O pó da semente de moringa serve como coagulante para clarear água barrenta. Sendo que as bactérias possivelmente presentes na água ficam, em geral, ‘aderidas’ às partículas sólidas ou lama. O tratamento com o pó da moringa pode retirar de 90 a 98% da matéria orgânica (micro-organismos incluso) durante o tratamento. Portanto, neste tipo de tratamento o ideal é NÃO filtrar a água ANTES, porque a dinâmica do tratamento depende da presença de argilas.

Use 1 semente da moringa/litro de água. Pulverize as sementes em um pilão. Numa pequena garrafa misturar a semente pilada com uma xícara de água limpa e agitar por cinco minutos. Coar numa peneira ou tecido e será obtido um ‘leite de moringa’ para adicionar na água barrenta. Misturar este ‘leite’ com a água suja, agitando vigorosamente por 1 minuto, depois lentamente por mais cinco minutos. Cobrir e deixar em repouso por 1 hora, para permitir que o ‘barro cole’ nas partículas da moringa em suspensão e assente no fundo da lata.

Depois é preciso IMEDIATAMENTE separar a água limpa do barro que ficou no fundo da lata. Se a água translúcida ficar junto com o barro decantado por muito tempo, o efeito da moringa passa e a água volta a ficar suja e rica em matéria orgânica.

O café forte com seu elevado teor de antioxidantes é apenas um conservante natural, um recurso usado comumente pelos mochileiros mundo afora.


 

Lojas Doce Limão

Os livros da Conceição Trucom e os produtos do Doce Limão podem ser encontrados em nossas lojas parceiras. Clique e adquira já.

 


* Conceição Trucom
 é química, pesquisadora, palestrante e escritora sobre temas voltados para alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida. Possui 10 livros publicados, entre eles O Poder de Cura do Limão (Editora Alaúde), com meio milhão de cópias vendidas, Mente e Cérebro Poderosos (Pensamento-Cultrix) e Alimentação Desintoxicante (Editora Alaúde).

Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citadas a autora e a fonte: www.docelimao.com.br

Vamos ser amigos?

Inscreva-se para receber gratuitamente o Boletim Doce Limão e ainda leve de brinde a Apostila de Meditação, em formato PDF.

Se além disso você também deseja ter acesso a todos os nossos cursos online e conteúdos exclusivos, seja um Assinante Doce Limão. Clique aqui!

Siga-nos no Facebook

Clique aqui para conferir todos os eventos.

Comentários e perguntas

 Caro leitor,

Ficou com alguma dúvida sobre este artigo? A área de comentários e perguntas é exclusiva para assinantes Doce Limão. Por apenas R$ 20 mensais, você terá acesso a todo conteúdo exclusivo, como palestras, cursos online e muito mais, além de poder enviar perguntas, que serão respondidas pela Conceição Trucom e equipe.

 

Saiba mais e assine